Atemóia



Atemóia

Fruta com o formato de coração só poderia ser doce e suculenta.

A atemóia (Annona cherimolia Mill x Annona squamosa L.) foi desenvolvida por cientistas norte-americanos com o intuito de criar uma fruta comercialmente superior a fruta-do-conde e com o sabor da cherimóia. Pertence à família das Anonáceas, que possui cinco espécies de frutos comercialmente importantes: a graviola, a pinha ou fruta-do-conde, a cherimóia, a condessa e a atemóia. Por possuírem diversas características semelhantes, as frutas que pertencem a essa família tão rica em diversidade acabam sendo confundidas umas com as outras.

Essa fruta é aromática e muito saborosa. Possui uma polpa branca, doce e suculenta, sementes pretas grandes e casca rugosa e pontiaguda de cor variando entre o verde escuro e o verde amarelado.

Para os que gostam de uma alimentação mais natural, o consumo in natura é super indicado, pois dessa forma todos os nutrientes da fruta são preservados. A polpa pode ser utilizada em sucos, sorvetes e licores. Já a casca em geleias, compotas ou doces. As sementes podem ser trituradas e incorporadas a iorgutes, salada de frutas ou até no arroz com feijão.

Principais propriedades
• Controla a pressão arterial: o potássio presente em sua composição possui ação vasodilatadora, ou seja, hipertensão nunca mais!
• Evita o envelhecimento precoce: os compostos fenólicos e a vitamina C, ambos com ação antioxidante, combatem os radicais livres e vão te deixar sempre jovem;
• Protege o sistema nervoso central: é rica em cobre, que contribui positivamente para a manutenção das células nervosas, o que reflete em uma memória de elefante;
• Possui atividade antimicrobiana: confere proteção extra contra doenças;
• Fortalece unhas cabelos e pele, melhora a imunidade, auxilia na prevenção do câncer e no bom funcionamento do intestino, além de dar aquela força extra ao organismo, uma vez que o cobre presente em sua composição auxilia na absorção de ferro.

O plantio da atemóia a partir da propagação por sementes não é recomendada porque surgem grandes variações, uma vez que é uma fruta derivada de um cruzamento. A recomendação é que sua produção seja por meio de mudas enxertadas. Sua planta é de crescimento rápido e produz os frutos muito precocemente, os quais amadurecem no outono.

Não dá para duvidar que essa PANC possui inúmera propriedades nutricionais, porém seu consumo deve ser moderado, especialemnte entre os diabéticos, pois é uma poderosa fonte energética.

Nome Científico:
Pertencente da família Annonaceae


Nome Popular:
Atemóia


Partes utilizadas:
Poupa in natura usada como poupa, sucos, sorvetes, compotas e doces


Suco de Atemóia
Retire a casca e as sementes do fruto maduro e bata no liquidificador com água e gelo (adoce se desejar) coe e sirva.