Cacau



Cacau

Considerada a fruta dada diretamente pelos deuses aos homens, o cacau, de tão importante, já foi até moeda de troca.

Nessa época não se fazia do cacau o que conhecemos hoje. Era feita uma bebida de sabor amargo com as sementes torradas e moídas misturadas com água e pimenta.

O cacau (Theobroma cacao) é a fruta da árvore cacaueiro, que foi introduzida na Bahia e expandiu-se principalmente na região sudeste do estado, o que ajudou no desenvolvimento econômico da região. É dessa fruta que se origina o chocolate através de alguns processos. Ao contrário das outras frutas, o cacau nasce diretamente do tronco da árvore, que pode chegar a ter 12 metros e cada fruto entre 12 e 40 centímetros de altura.

A fruta apresenta uma casca grossa e amarela quando madura, que precisa ser quebrada para se abrir. Dentro, as sementes estão envolvidas por uma polpa branca de sabor ácido, que é aproveitada para doces e sucos. Das sementes, em sua maioria, extrai-se o pó de cacau, de sabor amargo, que é a base para a confecção do chocolate. Na culinária, é consumido como o cacau em pó, mel e até geleia.

É um alimento funcional que contém mais de 700 compostos conhecidos e, em particular, os antioxidante produzidos pela planta. Desempenha funções nutricionais e preventivas quando consumido de forma regular e moderada. Seu conjunto de substâncias, como vitaminas e sais minerais, aliviam a ansiedade e a fadiga, e entre outros benefícios destacam-se:

• Previne à trombose devido à presença de flavonol, substância com capacidade antioxidante que ajuda a combater o envelhecimento precoce e contribui para a circulação sanguínea, favorecendo o bom funcionamento das artérias e do coração;
• Melhora o humor e aumenta a produção de serotonina, hormônio relacionado à sensação de prazer e bem-estar;
• Previne anemia por ser rico em ferro;
• Reduz a pressão, uma vez que melhora a qualidade dos vasos sanguíneos;
• Contribui para o controle da inflamação.

Para usufruir desses maravilhosos benefícios, deve-se consumir duas colheres de sopa de cacau em pó por dia ou 40g de chocolate amargo, o que equivale a cerca de três quadradinhos da barra. Mas vale lembrar que é necessário o consumo de chocolate com pelo menos 70% de cacau.

Viu só como aquela ideia ultrapassada de que “tudo que faz bem não é gostoso” está errada? Apenas use com moderação!

Nome Científico:
Theobroma cacao


Nome Popular:
Cacau, Cacaueiro, Cacau-da-mata


Partes utilizadas:
Sementes utilizadas na produção de amêndoas (matéria primas do chocolate), sementes com polpa


Carpaccio e salada de Cacau verde:
Retire a casca dos frutos verde e mantenha o miolo inteiro. Fatie bem fininho e sirva com os temperos e coberturas que desejar, ou utilizar as fatias como “pepino” e inclua na salada, tempera a gosto.